Publicar Anúncio
Resultados da sua pesquisa

Investimento Imobiliário

Postado por imobzie em 18/03/2017
| 0

Investir no mercado imobiliário, regra geral, é uma das formas mais seguras de investir seu dinheiro no longo prazo, por isso preparamos um guia para você se inteirar sobre os aspectos mais relevantes das diversas formas de atuar nesse setor. Com as dicas abaixo você poderá ponderar os prós e contras de se fazer um investimento imobiliário.

Vale lembrar que o êxito dos negócios no setor imobiliário está intimamente ligado à situação econômica do país. Como sabemos, o Brasil está passando por uma difícil crise econômica sem precedentes, devido a fatores como: a redução dos investimentos estrangeiros no país, a alta dos juros, a redução na oferta de crédito, o alto índice de desemprego e a consequente redução do poder de compra do brasileiro.

É verdade que esse contexto gerou um grande impacto negativo no setor imobiliário desde o ano final de 2014, mas como tudo é passageiro, as crises também passam. Assim, quanto mais você estiver munido de boas informações e de planejamento, além de certa dose de coragem (sim, porque um investimento sempre vem acompanhado de um risco, por menor que ele seja), maiores as chances de você ser bem sucedido nas suas ações!

 

Imóveis na Planta

Uma das formas mais clássicas de se investir no setor imobiliário é adquirir um imóvel na planta e vende-lo posteriormente.

Quem adquire um imóvel na planta dificilmente não terá um retorno maior em relação ao que foi investido. Esse aumento no valor de revenda será ainda mais vantajoso se o imóvel for bem localizado.

Alguns dos riscos que devem ser observados: há possibilidade de gastos extras com reajustes não previstos em contrato e de embargo da obra por irregularidade. Por isso, sempre negocie com empresas bem reconhecidas no mercado.

 

Imóveis Usados

Outra possibilidade de investimento em imóveis é a compra de um usado, sua reforma e posterior venda.

Menos comum, essa opção tem crescido nos últimos anos. Um investidor com visão reconhece uma boa oportunidade de repaginar um imóvel usado e alcançar um bom valor de revenda.

 

Terreno

Para quem quer investir e pensa a longo prazo, a compra de um terreno é uma excelente saída, especialmente se for nas proximidades das grandes capitais. As cidades vão se expandindo e com isso podem surgir grandes oportunidades de um bom negócio.

O retorno desse tipo de investimento pode não ser tão demorado considerando-se os terrenos em novos condomínios, pois eles tendem a se valorizar muito conforme o empreendimento vai aumentando.

 

Construção de imóveis para venda ou aluguel

Esse ainda é um jeito bom de investir o seu dinheiro. Mesmo com a atual crise, a densidade demográfica nos grandes centros só aumenta, e com isso a necessidade de mais ofertas de imóveis.

Tenha em mente de que você precisa dispor de um bom capital, planejamento, de mão-de-obra de confiança para evitar desperdícios e outros inconvenientes durante a construção, de empreendedorismo e capacidade de gerenciamento.

Observe que gastos iniciais demasiados com terraplanagem e drenagem profunda podem interferir significativamente no preço final do imóvel, reduzindo o lucro.

 

Compra de imóvel para locação

Comprar um imóvel para locação pode sim ser um bom investimento contanto que a localização e o próprio imóvel despertem bastante interesse. A compra de imóveis comerciais (galpões e salas comerciais) geralmente é a mais vantajosa .

Se o imóvel é muito caro, talvez o retorno não seja o esperado. Por isso, você deve se ater ao diferencial do imóvel em questão. Se você tem interesse em um imóvel residencial, note que os menores são os mais procurados para locação. É importante que o proprietário tenha um capital de giro extra, pois se o imóvel não estiver alugado, ele é que terá que arcar com custos como condomínio.

 

Fundo de Investimento Imobiliário

Basicamente, quem adquire cotas de um Fundo de Investimento Imobiliário – FII se torna sócio de um empreendimento imobiliário.

Esse tipo de fundo é composto por investidores cujo capital será utilizado para a construção do empreendimento ou compra do imóvel já pronto. O empreendimento do fundo pode ser um Shopping Center, Hotel ou uma Torre Comercial, por exemplo.

O patrimônio de um fundo pode abranger um ou mais imóveis, parte de imóveis, direitos a eles relativos, entre outros.

Essas cotas são negociáveis na Bolsa de Valores ou no mercado de balcão organizado. Importante observar que esse é um tipo de investimento no qual não há resgate, ou seja, para se desfazer de suas cotas o investidor deverá negociar sua venda.

Uma grande vantagem de ser investidor num FII é a isenção de Imposto de Renda, observadas as seguintes condições: cotista pessoa física que tenha menos de 10% da totalidade de cotas do fundo; tais cotas devem ser negociadas somente em Bolsa de Valores; e o fundo não pode ter mais de 50 cotistas. O IR incidirá, no entanto, sobre a venda das cotas (alíquota de 20%) quando o valor da venda for maior que o da compra.

A gestão do Fundo de Investimento Imobiliário fica por conta do administrador, uma instituição financeira, o que traz segurança para seu cotista.

O investidor de FII não terá gastos com ITBI e taxas do Cartório (certidões, cópias, etc.), os quais teria se comprasse diretamente um imóvel.

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicado.

  • Procurar um imóvel

    R$ 0 a R$ 1.500.000

  • Publicidade

    B01 300x250